Imóveis na planta: as vantagens de decidir por esta compra

Conheça todos os documentos que são necessários para realizar a compra!

Captura de Tela 2019-06-27 às 7.37.36 PM

A hora de realizar a compra do apartamento dos sonhos as expectativas são grandes e o nervosismo acaba tomando conta, mas calma, tem muitos itens que precisam ser levados em consideração. Procurar em site de imóveis é essencial, visto que as oportunidades são muitas. Avalie muito bem cada opção, não perca nenhuma das características que são fornecidas na descrição, elas são extremamente importantes para a escolha final e que seja um momento de felicidade e não decepções.

Mas as dúvidas começam logo em seguida que abrimos o site, será que vale a pena investir em imóveis na planta? Ou o método tradicional é mais viável? Essa questão pode variar de pessoa para pessoa, mas antes é necessário entender as vantagens e desvantagens de cada um para poder avaliar melhor. 

Uma coisa é fato, os imóveis comprados quando ainda estão sendo projetados são mais modernos e os preços são mais em conta, uma vez que oferecem boas formas de pagamento. Além disso, os documentos solicitados não são tão burocráticos, isso porque os papéis são referentes a uma intenção de compra e não um contrato definitivo. Continue lendo o artigo e conheça todos os pontos positivos desta maravilhosa escolha. Confira todos os detalhes e se encante junto com a gente!

Quais documentos são necessários?

Conhecer os documentos que são exigidos na comprar de um imóvel em planta é muito importante para evitar que problemas possam acontecer, por isso separamos um tempinho para mostrar para vocês o que não pode faltar. Mas antes de entregar os papéis para a empresa responsável, verifique se está tudo certo e se realmente é confiável, uma vez que há relatos de construtoras que foram à falência e deixaram os moradores sem seu novo apartamento. 

Alguns dos documentos exigidos para compra à vista são:

  • Cópia do RG e CPF;
  • Comprovante de estado civil;
  • Comprovante de endereço.

Alguns dos documentos exigidos para financiamento bancário são;

  • Cópia do RG e CPF;
  • Título de eleitor;
  • Comprovante de residência;
  • Certidão de nascimento;
  • Comprovante dos últimos 3 meses de renda;
  • Copia da carteira de trabalho do comprador;
  • Declaração do imposto de renda que precisa estar em dia;
  • As três últimas contas de luz;
  • Os três últimos meses de extrato bancário;
  • Os três últimos meses de extrato de cartão de crédito.

Parece muita coisa para juntar, mas são papéis simples e fáceis de procurar. Não se desespere antes do momento, verifique cada documento e leia com atenção para não cometer erros, visto que isso pode acabar comprometendo a compra e, até mesmo, arriscar perder está oportunidade incrível que chama a atenção de muitas pessoas no Brasil.

Além disso, leia com muita atenção o contrato, verifique o local de pagamento, o prazo para início e termino do projeto, multa por atraso de entrega, cópia da escritura e matricula do imóvel, índice de reajuste, cópia da certidão do cartório de registro de imóveis e valor do sinal antecipado. Consulte um advogado caso for necessário e esclareça todas as suas dúvidas antes de assinar qualquer documento.

Vantagens da escolha de imóveis na planta 

Está procurando imóvel à venda? Calma, vamos analisar com muito cuidado e atenção algumas vantagens de comprar apartamentos que ainda não foram concluídos. Algumas delas são:

  • Valorização do imóvel;
  • Instalações modernas;
  • Preço mais em conta;
  • Possibilidade de personalização;
  • Boas condições de pagamento.

Sem dúvidas as formas de pagamento mais flexíveis chamam muito a atenção dos consumidores que desejam investir neste setor, uma vez que é possível negociar o valor diretamente com a construtora. Aqui, como colocado anteriormente no artigo, à documentação é mais rápida e a burocracia diminui muito. A maioria das empresas permite que a pessoa pague apenas 30% do valor do imóvel até a entrega das chaves e na sequencia seja parcelado o restante em várias parcelas. Para quem deseja ter seu cantinho próprio e não gastar muito está é a opção ideal.

Os imóveis na planta costumam ser mais modernos e agradáveis, afinal o projeto está sendo começado do zero e seguindo as tendências atuais. Outro fator positivo que precisa ser levado em consideração no momento de realizar a compra é que o proprietário não irá precisar ficar se preocupando com manutenções por um bom tempo, uma vez que todas as instalações são novas e com materiais de excelente qualidade.

Caso você já tenha um apartamento próprio, investir nestes imóveis poder ser perfeito! É possível que ele seja colocado para alugar no futuro, assim entrará uma renda extra todos os meses. Procure bairros movimentados e que geram um interesse maior, como no centro e localidades próximas dos centros comerciais. Mantenha a casa sempre arrumada para que chame a atenção dos compradores, evite bagunça e desorganização, tudo isso é muito admirado pelos investidores.

Custo x benefício 

Após ter entendido todos os pontos positivos da escolha de imóveis na planta e conhecer os papéis que são necessários para poder realizar a compra, é hora de conferir o custo x benefício. Este ponto pode variar de acordo com cada pessoa e situação financeira que ela vive, por isso é indicado que seja feita uma lista com todas as vantagens, em seguida analise os valores que foram passados pela imobiliária para verificar a viabilidade. 

Antes de pesquisar apartamentos à venda em São Paulo, consulte profissionais experientes na área de imóveis, certamente eles poderão te passar muitas dicas. Não se precipite na escolha, pense muito bem, às vezes os imóveis nas plantas parecem ser mais arriscados, mas o investimento acaba valendo a pena. Perguntar para familiares que já tenham feito essa escolha é uma excelente opção, eles poderão te passar todos os pontos positivos e negativos, além da própria experiência pessoal.  

Gostou do artigo? Continue acompanhando nossas postagens e saiba tudo sobre decoração de interiores e como deixar o ambiente em perfeitas condições, para poder receber familiares e amigos e deixar em dia a conversa! Compartilhe em suas redes sociais, certamente irá ajudar muitas pessoas!

 

Este conteúdo foi produzido em parceria com o portal Chaves na Mão.

Comprar o imóvel na planta ou usado?

 

O que é melhor, comprar um imóvel na planta ou usado? Está é uma dúvida bem comum na cabeça do comprador de imóveis. Bem, a resposta desta pergunta se dá com base nas expectativas e prioridades de cada indivíduo.

O indivíduo que pretende comprar na planta encontra inúmeras facilidades de pagamento, como por exemplo, prazos bem mais longos (até 300 meses), prestações mais baixas e subsídios garantidos pelo programa de financiamento ”Minha Casa Minha Vida”. Para quem não possui uma boa reserva de dinheiro em caixa e quem não tem tanta pressa para morar, o imóvel na planta tende a ser o caminho mais indicado. Há também de se ressaltar, quem compra um imóvel na planta, está recebendo um imóvel ”novinho em folha”. Esta sensação de estar comprando algo novo é muito privilegiada pela população. A infraestrutura oferecida pelas novas construções, geralmente, é mais moderna, bem como, a parte interna do imóvel apresenta as ”últimas tendências” por parte dos arquitetos em tentar tirar o máximo proveito da iluminação e espaço, além das áreas de lazer mais completas, com parques, quadras de esporte, piscinas, etc. Outro fator que atrai as pessoas para esses tipos de negociações é a rápida valorização, desde que o indivíduo compre na fase de ”pré-lançamento”, tendo em vista que o valor do imóvel aumenta consideravelmente entre o lançamento e a entrega.

Por outro lado, quem adquire um imóvel na planta, sabe que comprando um ”sonho”, ou seja, um imóvel que a construtora está prometendo entregar do jeito que o comprador espera e em determinado período. Não há a certeza que o indivíduo irá receber o imóvel com todos os detalhes prometidos, além da data que foi acertada para entrega das chaves. Deste modo, comprar na planta requer confiança do comprador na construtora. É essencial que o indivíduo antes da compra, se informe acerca da reputação, credibilidade e histórico da construtora, no que diz respeito à qualidade e cumprimento de prazos. É recomendado também que o comprador exija toda a documentação sobre o empreendimento: memorial descritivo do empreendimento, registro da incorporação, etc.

Quem está comprando um imóvel usado, não encontra tantas facilidades de pagamento, mas geralmente encontra um desconto bem mais significativo (em torno de 30%) e um maior poder de barganha na negociação com o proprietário, porém é necessário o comprador possuir uma boa quantia de recursos financeiros já em caixa. Para quem tem pressa e não pode esperar alguns anos para poder morar no imóvel, este é o caminho mais indicado, pois o imóvel já se encontra pronto para morar e do jeito que o mesmo está vendo em loco.

Cabe o indivíduo que está interessado na compra, definir suas prioridades e capacidade de pagamento, para poder avaliar a forma que mais se adeque a suas necessidades.

Autor: Rodrigo Vila Melo

Bem vindo!

Bem vindo ao BLOG DO CAMPAINHA, esse blog faz parte do site CAMPAINHA.COM.BR.

No BLOG DO CAMPAINHA você terá acesso a textos que vão te ajudar a esclarecer dúvidas, ajudar nas suas consultas e dicas para que seu negócio seja o melhor possível. Aqui também será um canal de comunicação para você ficar sabendo das novidades e lançamentos do site.

No site CAMPAINHA, você poderá encontrar “aquele” imóvel que você tanto buscava e, no BLOG DO CAMPAINHA você poderá ler sobre o negócio que está prestes a fazer.

Se você está buscando um imóvel para alugar, comprar, abrir um novo negócio, mudar sua empresa de local ou ainda buscando um local de lazer, bem vindo, você veio ao lugar certo!

No BLOG DO CAMPAINHA, você poderá ler sobre dicas para que o seu negócio seja sempre realizado da melhor forma possível. Dicas de documentação, manutenção, decoração, dados do mercado imobiliário entre outros assuntos você vai encontrar sempre aqui.

Seja sempre bem vindo e aproveite ao máximo a sua navegação!

Empresas parceiras do Campainha

O Campainha é parceiro das melhores empresas especializadas no desenvolvimento de software imobiliário. Os anúncios de milhares de imobiliárias clientes destas empresas são enviados todos os dias para a nossa plataforma.

Todos os clientes destas empresas podem enviar seus anúncios de forma gratuita e ilimitada para o portal. A integração é feita através de um link XML e os anúncios são atualizados a cada 24 horas.

Lista de empresas parceiras do Campainha:

AYT

Cesar na Web

Explend

Fastbroker

Imobex

ImobiBrasil

ImobiSite

IMOBZI

ImoviCorretor

Imprime

InGaia

Microsistec

MIDAS

Migmidia

NIDO

Plug7

RD

SGI Mais

SPAIC

Tecimob

Union Softwares

ViaNet

WebGestor

Integração de anúncios para clientes InGaia

Se sua imobiliária é cliente da empresa inGaiaImob e deseja anunciar de forma gratuita e ilimitada no Campainha, basta seguir os seguintes passos:

1) Entre em contato com o seu gerente na empresa e solicite o link do GaiaWebService.

2) Faça uma carga de imóveis (conforme as imagens abaixo).

3) Envie o link do GaiaWebService para faleconosco@campainha.com.br. Os anúncios serão integrados em nossos sistemas e atualizados a cada 24 horas.

valuegaia1

valuegaia2

valuegaia3

valuegaia4

Continue lendo

Hora de mudanças? Hora de desapego!

Você comprou ou alugou um apartamento, então agora é hora de planejar a mudança. Que tal pensar em algumas coisas que poderão te ajudar bastante e poupar não apenas tempo mas energia e dinheiro? Vamos combinar que ninguém quer perder nenhum dos três, não é mesmo?

Antes de chamar uma empresa de mudança, que tal fazer uma pequena pesquisa para saber quem já fez mudança com essa empresa? Ficou satisfeito? Nas redes sociais existem comunidades que trocam informações preciosas sobre esses tipos de serviços e os participantes colocam sempre suas opiniões – favoráveis ou não – sobre os profissionais contratados. Talvez esse seja um bom começo para você.

Faça um levantamento de tudo que você realmente usa e simplesmente comece a exercitar o “desapego”. Confira essas 5 dicas que vão te ajudar na hora de “desapegar”.

  1. Não leve nenhuma roupa que não usa ou que não cabe.  Lembre-se: é hora do desapego!
  2. Não leve nenhum utensílio de cozinha quebrado! Não adianta ter nada na cozinha que está quebrado e você não vai usar. É hora do desapego!
  3. Não leve nada que você um dia ganhou e não gosta mas gosta da pessoa que o presenteou. Você vai continuar gostando da pessoa mas não precisa do objeto para te lembrar disso. É hora do desapego!
  4. Você terá uma infinidade de caixas para arrumar, então guarde sua energia para aquelas coisas que realmente são importantes na sua vida e não fragmentos de algo sem valor. Você está dando um passo muito importante agora e precisa de todas as suas energias.
  5. Você verá que o exercício do desapego é libertador e tudo ficará mais leve. A energia da sua nova casa estará mais “limpa” e você poderá gastar o seu tempo com outras coisas que julgue mais importantes para você. Pratique o desapego e boa sorte.

Decoração

Vamos conversar sobre um tema que vai definir muito o estilo de onde você e sua família vão morar, então vamos começar pelo básico.

A melhor opção sempre é contratar um profissional. Um arquiteto(a) ou um profissional de design de interiores – que quase todos conhecem ou chamam de decoradores. Esses profissionais vão te ajudar a entender qual o estilo que você gosta e, dentro dessa linha, quais as melhores soluções para deixar os ambientes funcionais e harmoniosos.

Você provavelmente já ouviu alguém dizer que cores claras nos ambientes aumentam a claridade, que algumas cores são cansativas e que listras diminuem os ambientes. Bem, escute seu profissional porque, embora muitas vezes essas regras sejam verdadeiras, em outras ocasiões elas são soluções “fora da caixinha” para ambientes descolados, jovens, ou ainda podem realçar algo inesperado.

Os profissionais dessa área também podem te ajudar muito a pensar e solucionar a questão da circulação pelo imóvel. Qual a melhor maneira de aproveitar ao máximo o espaço, arrumar soluções para armazenar pequenas ou grandes coisas que você ou sua família possuem etc.

Dica: Para não gastar muito e não errar, invista em móveis básicos e “brinque” com os acessórios. Ou seja, na hora de comprar um sofá, que é um item caro, pense em algo mais básico e compre almofadas mais na moda – elas são mais baratas para se trocar do que o sofá. E pequenos detalhes podem mudar completamente o estilo do seu ambiente.

Obras

OK, vamos conversar sobre um assunto polêmico: obras em casa. No mundo ideal a gente nunca faz obra enquanto mora mas vamos combinar uma coisa? Não vivemos no mundo ideal né? Então que tal a gente diminuir a nossa margem de erro ter o mínimo de aborrecimento e imprevistos possíveis?

Os ditos populares são sempre a mais pura verdade então, acredite:  O BARATO SAI CARO!

Embora isso não queira dizer que você vai pagar o mais caro, isso quer dizer que você tem que planejar e contratar um profissional para executar a obra necessária e não um amigo ou o vizinho.

Hoje em dia, nada como usar a maior ferramenta aliada que você pode ter; a internet. Lá você pode realizar busca e pesquisa sobre quem e quais os materiais que você precisa comprar, comparar preços e saber opinião de quem já utilizou esse profissional ou essa loja em questão.

Se a obra for grande, procure saber quem faz a remoção do entulho, horários, preços e empresas.

Dica: se você vai fazer uma obra e mora num prédio, que tal fazer uma política de boa vizinhança e avisar aos moradores? Se o prédio for um condomínio grande, avise aos seus vizinhos de andar e os que estão logo no andar de cima e no andar de baixo, afinal de contas, algum barulho irá chegar até eles. Não custa nada e você ainda fica com a imagem de uma pessoa educada e gentil. Se possível, mande uns biscoitos feitos em casa, assim você conquista todos e ninguém vai reclamar de você!

Vai comprar um apartamento ou casa?

Você e sua família decidiram que é hora de comprar um apartamento ou uma casa. Essa é uma grande decisão e vocês com certeza já conversaram muito e pouparam bastante para chegar aqui então não vamos dar chance ao azar né? Vamos tomar cuidado com os pequenos detalhes, vamos lembrar das coisas que não fazem parte do nosso cotidiano mas que podem influenciar em muito nossas escolhas/decisões e ajudar muito nas opções que fizemos para as nossas famílias.

Então, vamos lá:

  1. Esse apartamento/casa esta dentro do seu orçamento? O financiamento foi aprovado?  Pode parecer até ingênuo mas, como esse mercado é sedutor e estamos falando de moradia de uma família, você tem que estar firme do seu orçamento para que possa fazer um bom negócio e poder proporcionar um bom lar a sua família.
  2. Essa é a região que a família escolheu para morar? Tente procurar nas áreas de interesse de vocês mas não sejam inflexíveis…..as vezes uma mudança de bairro pode ser algo novo e extremamente positivo para todos! Um novo estilo de vida! Pense nisso.
  3. Vocês conhecem ou tem referencias sobre a construtora? Esse passo é muito importante, afinal de contas, estamos falando da moradia da sua família e você não vai querer fazer negocio com qualquer um né? Procure obter sempre o maior numero de informações sobre a construtora do seu futuro imóvel. Ela costuma entregar as obras no prazo? Ela tem problemas com a justiça? Seus clientes estão satisfeitos? Há investidores?
  4. Quais os custos totais que você terá para “fechar” o negócio? Lembre-se que quando você compra um imóvel há outros custos que você deve estar preparado para pagar e não ser pego desprevenido ou “desfalcando” sua poupança.  A começar pela comissão do seu corretor, afinal de contas ele(a) é um profissional que encontrou e ajudou a negociar o futuro lar da sua família mas, prepare-se para certidões, impostos, vistorias e algumas taxas a serem pagas dependendo da região e do imóvel. Como esse assunto é muito importante, que tal a gente conversar sobre isso em breve num post exclusivo?